Plagium Talks #1: Como a criatividade pode te ajudar na sala de aula

Plagium Talks #1: Como a criatividade pode te ajudar na sala de aula

Olá pessoal, tudo bem? Hoje estamos muito felizes por estar lançando nosso primeiro episódio do nosso podcast Plagium Talks, onde vamos falar sobre diversos assuntos que vão ajudar no dia a dia de muita gente, principalmente quem está no processo de aprendizado, seja ele em uma escola, faculdade ou qualquer outro tipo de instituição de ensino.

Nesse primeiro episódio, tivemos a honra de conversar com o ilustre Alex de Oliveira Silva, mestre em ambientais, tendo como formação acadêmica arquitetura e urbanismo. Além da sua carreira na área da arquitetura, ele também foi rei momo no carnaval carioca durante 10 anos, sendo nas duas versões, tradicional original como mais obeso e na nova versão (quem tem maior expressividade como símbolo do carnaval).

Em 2009 surgiu a oportunidade de iniciar sua vida acadêmica como docente, através de um convite feito por uma amiga, o que fez com que Alex mudasse para uma área totalmente nova em sua vida, onde assumiu algumas disciplinas por conta de seu perfil, mas uma disciplina recém criada foi a que mais lhe saltou a vontade de trabalhar. Esta disciplina que só se tem na Universidade Veiga de Almeida é denominada “laboratório de inovação, criatividade e experiência”.

Mas o porquê da necessidade de criar uma nova disciplina tão diferente? Devido a grade curricular da faculdade ser a mesma desde os anos 80, quando um dos carros chefes de graduação da universidade era a engenharia, foi necessário criar algo que pudesse ajudar o aluno a diferenciar o que era teoria da prática de fato, fazendo com que ele saia da “caixinha” e não se forme sem ter os requisitos básicos para o mercado de trabalho.

Essa disciplina, como o próprio Alex diz, “Não é apenas uma disciplina de uma graduação, mas um novo formato de você enxergar a realidade.” É um laboratório de experimentações onde o aluno passa por diversas experiências que vão o preparar para ser resiliente em seu dia a dia e na vida real do trabalho. Desta forma quando esse aluno deixar a instituição de ensino, ele estará de fato preparado para todos os tipos de barreiras e adversidades que possam surgir na sua vida profissional.

Foi perguntado para o Alex no meio da conversa, sobre como toda influência e envolvimento que ele tem no meio do carnaval, ajudam ele dentro da sala de aula quando ele está lecionando, pois é muito intrigante e interessante quando uma pessoa consegue unir diversos nichos diferentes e viajar entre eles de uma maneira fluída que funciona, trazendo assim, a experiência de um negócio para outro, de um hobby para um negócio, e vice versa.

Parafraseando o que foi falado por ele, foi dito que independente do empreendimento que ele esteja, ele percebe que a inovação é oriunda de todos os universos, pois ela vai permitir que você possa enxergar, que para tudo existe uma solução e às vezes o que você precisa é apenas olhar a situação de um outro ângulo ou um outro ponto de vista.

Um dos maiores exemplos de que isso não é apenas algo que o Alex fala, mas algo que ele de fato vive, foi quando  começou seu processo de emagrecimento e conseguiu perder 140kg, isso mesmo, ele perdeu 140 quilos. Os próprios médicos ficaram muito receosos com essa transformação, pois ele tinha grandes chances de vir a óbito logo nas primeiras intervenções cirúrgicas. Mas ele acreditou no 1% de chance que tinha e arriscou tudo para viver uma vida nova.

Evolução professor Alex de Oliveira

E uma das grandes preocupações não só do Alex, mas também da instituição Veiga de Almeida, é fazer com que o aluno não fique preso a um conceito pré estabelecido por nossos pais, avós e assim por diante. Não temos que seguir todo um rito para chegar a evolução, isso foi deixado para trás, observamos hoje crianças de 2, 3, 5, 10 anos tendo suas vidas financeiras e de seus pais totalmente modificadas por conta de atitudes simples como empreender através de vídeos, criando ideias, projetos e soluções que nós mesmos adultos não conseguimos parar para pensar. E assim, não solucionamos nossos próprios problemas.

Uma dica que ele dá para esse tipo de evolução de pensamento é você estar próximo de pessoas que já vivenciaram aquilo que você quer ou deseja vivenciar, pois elas serão motivadores para você, serão suas provas vivas de que aquilo é real, não fique apegado ao conselho de pessoas que nunca vivenciaram nada, pois que bagagem elas tem para te ensinar algo?

Outra dica que ele nos dá, é parar de perder tempo com as redes sociais, pois elas são “ladrões de produtividade”, muita gente hoje perde horas e horas na frente de redes sociais, e esse tempo poderia estar sendo convertido em diversas coisas úteis, até mesmo para você estar vivendo a vida daquela pessoa que você vê no instagram e sonha em ter uma vida igual, parar de se auto sabotar e passar a fazer mais por você!

Nesse contexto o Alexsander, nosso anfitrião, também destaca algo muito interessante sobre o nosso tempo, e faz uma reflexão, que o tempo é nosso único bem que nascemos, crescemos e vamos morrer com a mesma quantidade que qualquer outra pessoa no mundo, seja você rico, pobre, formado, analfabeto, não importa, todo mundo tem 24 horas no seu dia, ninguém consegue ter mais do que isso, então você deve valorizar muito o seu tempo, pois o que faz você ganhar mais ou menos é o quão valioso seu tempo é, você já parou para pensar nisso? Nosso valor é medido por dois fatores apenas, quanto tempo temos disponível para venda e quão qualificado somos para valorizar esse tempo disponível, ou seja, se você é uma pessoa que tem uma ampla qualificação, uma hora sua vale muito, então se você “vende” 5 horas do seu dia para seu patrão, provavelmente irá ganhar uma boa receita com essa venda, agora se seu tempo não vale nada pois não buscou nenhuma forma de qualificá-lo, aí você vai ser obrigado a vender pelo valor que for oferecido. Pensando por esse lado, não é vantagem fazer algo que possa valorizar você e seu tempo?

No vídeo, o Alex conta sobre a história de um aluno, onde seu filho após ganhar um cofre e juntar um dinheiro que o pai foi dando, montou um negócio de criação de pintos, isso mesmo, comprou pintos em um aviário e foi criando e fazendo eles procriarem, e após alguns meses ele já tinha lucrado mais de R$ 1.000,00 com a venda dos pintos para granja, você pode conferir melhor essa história acompanhando o vídeo ou o áudio do podcast, mas essa história é para você ver que tudo é possível! Quem iria imaginar que uma criação caseira de pintos poderia gerar lucro?

Foram citadas algumas dicas ao longo do vídeo para te ajudar no desenvolvimento do seu trabalho de conclusão de curso:

A principal dica é que você pense no seu trabalho como uma porta de entrada para o mercado de trabalho. Como assim? Pense em algo que você gostaria de fazer após terminar a faculdade e use isso como base para o desenvolvimento da sua tese, assim você já cria algo que vai ajudar a você no seu próximo passo após a conclusão do curso, pois você provavelmente irá sair sem ter experiência nenhuma de mercado. E já existirão diversas pessoas na sua frente que saíram a mais tempo que você e que já adquiriram um pouco mais, o que pode fazer com que essa entrada no mercado se torne ainda mais complexa.

Mas se você consegue sair da faculdade com destaque, mostrando que sua tese pode ajudar a empresa que você quer trabalhar e mostrando sua forma de pensar como profissional, pronto, você já está na frente de muita gente com isso.

Lançamos também um desafio em conjunto, que é o “Desafio dos 7 dias para ser mais criativo”, onde você vai fazer uma listinha passada pelo Alex de Oliveira e também uma tarefa passada pelo Alexsander durante os 7 dias, logo após conte pra gente lá no comentário do vídeo no youtube o que esse desafio gerou para você, assim vamos saber melhor como nosso conteúdo está sendo inserido na vida de quem está sendo alcançado por ele.

Para finalizarmos, o mundo está mudando, as coisas estão diferentes, e precisamos estar ligados em todas as mudanças que estão ao nosso redor para não ficarmos atrasados em relação a estas. Ser criativo nem sempre é criar algo novo, mas também é criar uma nova maneira de fazer algo que já existe!    

Vamos ficar atentos a tudo que o mundo tem jogado sobre nós e vamos transformar isso em coisas novas, acompanhar o futuro e não ficar para trás.

🌐  Links úteis:

Plagium Talks #1 – https://youtu.be/9071CNMEIbQ

Download “Desafio dos 7 dias”: http://bit.ly/tabela-desafio

CONVIDADO: 

🎙 Alex de Oliveira: https://linktr.ee/alexdeoliveirasilvaoficial

ANFITRIÃO: 

🎙 Alexsander Santos: https://linktr.ee/ahsantos